Prova de Português

Objetivos

Esta prova tem por objetivo medir a competência do participante em suas relações com palavras e textos. Essa qualidade depende, principalmente, das suas condições de discernimento, compreensão, associação e análise de sintagmas, orações, frases, períodos e textos.

A totalidade das questões pretende avaliar seu nível de aptidão para lidar com a língua portuguesa prestigiada escrita contemporânea. Na maior parte das vezes, o modelo adotado para isso é o de compreensão de leitura, mas a principal característica do exame é medir a capacidade de se analisar um texto sob várias perspectivas. Tal aferição pretende apurar o grau de reconhecimento de componentes explícitos e a percepção coerente de pressupostos e implicações envolvidos nas informações ou argumentos presentes nos enunciados e alternativas.

Os textos cobrem assuntos diversos, não necessariamente relacionados à área de Administração. O conhecimento específico do assunto sobre o qual os textos versam não deve auxiliar nas respostas às questões, que são basicamente de dez tipos e focalizam:

1) a ideia, o tema ou o objetivo principal do texto;
2) informações explícitas no texto;
3) informações ou ideias implícitas ou sugeridas pelo texto;
4) possíveis aplicações das ideias do texto em outras situações;
5) a lógica ou a técnica de argumentação utilizada pelo autor do texto;
6) noções sobre variedades linguísticas e figuras de linguagem;
7) a atitude do autor, conforme revelada pela linguagem utilizada no texto;
8) identificação de falhas ou inadequações textuais;
9) identificação de padrões e correlação entre textos e/ou partes de texto(s) e ideias;
10) organização, desenvolvimento e relevância de ideias.


Bibliografia sugerida

Observação: Esta bibliografia é apenas sugestiva para a aquisição de conhecimentos, desenvolvimento de habilidades e consulta durante sua PREPARAÇÃO para o TESTE ANPAD. Não garantimos que sua preparação apenas com esta bibliografia o capacite para responder todas as questões do Teste ANPAD.

CEREJA, William Roberto & MAGALHAES, Thereza Cochar. Gramática reflexiva: texto, semântica e interação. 4 ed. São Paulo: Atual Editora, 2009.

CITELLI, Adilson. Linguagem e persuasão. 8 ed. São Paulo: Ática, 2004. (Coleção Princípios, 17)

FARACO, Carlos Alberto & TEZZA, Cristóvão. Prática de texto. 9 ed. Petrópolis-RJ: Vozes, 2001.

GARCIA, Othon Moacyr. Comunicação em prosa moderna. 27 ed. Rio de Janeiro: Ed. da Fundação Getúlio Vargas, 2010.

HENRIQUES, Claudio Cezar. Estilística e discurso: estudos produtivos sobre texto e expressividade. Rio de Janeiro: Campus, 2011.

HENRIQUES, Claudio Cezar. A Nova Ortografia: o que muda com o Acordo Ortográfico. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2015.

HOUAISS, Antônio & VILLAR, Mauro de Salles. Dicionário Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001 e 2009.

KOCH, Ingedore Villaça. Desvendando os segredos do texto. 7 ed. São Paulo: Cortez, 2002.

KURY, Adriano da Gama. Para falar e escrever melhor o português. 2 ed. Rio de Janeiro: Lexicon, 2012.

PAULINO, Graça; WALTY, Ivete & CURY, Maria Zilda. Intertextualidades: teoria e prática. Belo Horizonte: Editora Lê, 1995. (Coleção Letras, 5)

PLATÃO, Francisco & FIORIN, José Luiz. Para entender o texto: leitura e redação. 17 ed. São Paulo: Ática, 2007.